Tipos de pincéis de maquiagem, e como usá-los



A utilização de pincéis de maquiagem pode fazer parte da rotina básica de beleza, pois facilitam a aplicação da make, deixam o resultado final com um aspecto mais natural e sofisticado.
Para ter esses pincéis, não é preciso investir muito, hoje temos marcas baratinhas de maquiagens, que contam com ótimas opções para produções do dia a dia, com cerdas macias e hastes seguras, proporcionando praticidade e conforto para você.

Quem não está habituado a fazer maquiagens muito complexas, provavelmente não conhece todos os tipos de pincéis e suas respectivas funções. Mas mesmo que não conheça todas as etapas de uma super produção, é sempre bom conhecer todas as opções que você tem para conseguir o melhor resultado em sua make.



Pensando nisso, o Blog do Instituto Mix reuniu os principais tipos de pincéis de maquiagem, e a forma como utilizá-los, para aproximar os maquiadores de primeira viagem a esse incrível mundo da beleza.

A primeira coisa que você precisa saber é o material usado na produção dos pincéis, e onde eles têm aplicação melhor.
Cerdas sintéticas: Indicada para maquiagens líquidas e cremosas, pois não absorvem produto e, assim, o fazem render mais.
Cerdas super macias: Estas são a melhor opção para produtos em pó.
Um dica para você que não quer fazer um grande investimento em pincéis, é apostar em pincéis de uso versátil, para poder ser usado em mais de um tipo de cosmético.

Pele

Aplicar base por todo o rosto é uma tarefa que pode ser agilizada com um pincel maior, com uma área grande o suficiente para espalhar o produto. Estreito e achatado, a versão pequena do língua de gato é ideal para coberturas mais gerais, enquanto o kabuki menorzinho consegue esconder manchas, olheiras e marcas de acne com mais facilidade, já que concentram produto.

Nesse quesito, as melhores opções são o língua de gato, para altas coberturas.



E o kabuki de corte reto, que, por ser mais denso, permite espalhar o produto com mais facilidade e precisão.



Já para corretivos, devem ser usados pincéis com a cabeça menor, para alcançar pontos específicos do rosto que precisam ser reparados.


Os pincéis para pó compacto, blush e contorno seguem mais ou menos o mesmo formato, sempre gordinhos e com toques macios, que facilitam a aplicação. Para o primeiro não tem segredo: opte por uma opção bem grande, que agilizará o processo de depositar e esfumar o pó.



Já para blush e contorno, o ideal é um modelo menor, visto que a região onde o produto é aplicado é mais restrita. Tanto o kabuki quanto o duo fiber contam com versões para tal função, ainda em modelos chanfrados, ou seja, com corte diagonal, que são muito mais anatômicos ao rosto.

Mas atenção! Ambas as opções tendem a concentrar pó, por isso, sempre tire o excesso no dorso da mão e pegue leve na aplicação.

Se você gosta de uma make mais extravagante e não pode viver sem iluminador, invista em um pincel vassourinha, que permite aplicar o produto sem exageros e ainda limpa qualquer sujeira indesejada no acabamento final.


Olhos

Para a região dos olhos, usa-se apenas pincéis pequenos, já que área de aplicação é bem menor e exige maior precisão.
Tanto no preenchimento de falhas da sobrancelha quanto no traçado do delineador, pincéis de cerdas curtas, achatadas e chanfradas permitem criar linhas super definidas e sem erros.



Na hora de depositar a sombra, são recomendados modelos mais durinhos, com ferrolho “amassado”, que garantem a cor e brilho do produto. Já para esfumar, opções macias, com cerdas abertas e arredondadas fazem com que o pó se espalhe uniformemente, essencial para criar efeitos de degradê.
Se você curte marcar bem o côncavo, o cantinho do olho ou abaixo da linha d’água, invista no pincel lápis.

Boca

Se fazer o batom durar mais é um dos seus maiores desejos, experimente passar o produto com um pincel e não será necessário retocá-lo muitas vezes durante o dia.

Não há mistério para escolher o modelo ideal! Opte por um pincel com cerdas sintéticas curtas e estreitas, para não usar tanto batom e ainda ter mais segurança na aplicação. Que tal apostar em uma versão pequena do língua de gato?





Fonte: Catraca Livre 

Comentários

Postagens mais visitadas