quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Como escrever o seu perfil profissional


Você vai se inscrever em uma oportunidade de trabalho e se depara com a exigência de ter um perfil profissional no currículo. E agora? O que é isso? O que come? Como se reproduz? É cada dia mais comum que os RHs peçam esta informação dos candidatos… mas o problema é que ninguém explica exatamente o que é isso, né? Por isso mesmo resolvemos falar um pouco sobre o assunto.

Se você quer entender melhor o que é um perfil profissional, qual deve ser o formato e o que você precisa colocar nele, a gente te dá um norte!


O que é um perfil profissional?
Você conseguiria resumir a sua carreira em algumas frases, mostrando para os RHs as informações mais relevantes do seu currículo? Pois é exatamente para isso que um perfil profissional serve. Além de facilitar muito a vida dos recrutadores, que conseguirão identificar rapidamente se você é a pessoa certa a empresa dele, o perfil é o espaço para você vender o seu peixe!


Como é a estrutura de um perfil profissional?
Não existe uma regra definitiva de como deve ser o seu perfil profissional, mas existem dois formatos muito usados. O primeiro é um parágrafo de texto onde você pode contar um pouco da sua vida profissional, habilidades, e tudo mais que vamos listar mais para baixo. Este modelo te permite usar a criatividade para contar sobre a suas habilidades e experiências profissionais de forma mais interessante.

Se escrever não for a sua praia, não se desespere, o outro formato que citamos provavelmente será mais indicado para você! Faça uma lista com os tópicos mais relevantes da sua carreira, relacionando as suas habilidades e conquistas, a experiência e aprendizados, da mesma forma que faria em um texto corrido.

Dicas para escrever um Perfil profissionalVocê está em dúvida de como deve fazer e o que colocar no seu perfil profissional? A gente separou algumas dicas para te ajudar nessa missão.


Seja objetivo e focado no que interessa!
Você não precisa contar a história da sua vida ou listar tudo o que você já fez ou sabe fazer – isso tudo já está no currículo. Faça uma síntese da sua carreira, escolha apenas as experiências, habilidades, formações e projetos que realmente fazem sentido para mostrar o momento profissional em que você se encontra.

Saiba os seus objetivos profissionais
Vá além do “quero um emprego em tal área” na hora de falar sobre os seus objetivos profissionais. Pense grande, seja ambicioso, afinal estamos falando do que você quer construir a longo prazo e não apenas no seu próximo cargo – mostre que você tem planos para a sua carreira.

Não existe uma fórmula mágica para definir os seus objetivos profissionais. Se você quer crescer e se desenvolver na sua área em uma empresa líder do mercado, coloque isso no currículo. Se você quer ocupar um cargo de liderança, escreva isso. O mais importante é que você seja o mais sincero possível, pois o RH provavelmente vai considerar essas informações para elaborar o seu plano de carreira caso você seja contratado! 😉

Mostre que você sabe fazer o que está dizendo que sabe!
Não adianta colocar uma lista de habilidades no seu currículo se você não mostrar que realmente sabe fazer isso. Procure contextualizar os momentos em que você fez algo de relevante que mostram que você realmente manda bem! Cite as suas conquistas, a sua contribuição para o sucesso dos projetos que participou, as suas ideias que foram implementadas nas empresas onde trabalhou, freelas que você fez e até trabalhos de faculdade incríveis.

Fale do seu tempo de experiência
Muita gente começa o perfil profissional mencionando quantos anos de experiência tem na área de atuação. Esta é uma ótima maneira de mostrar que você já é calejado no trabalho e provavelmente vai dar conta do recado! Se você não tem experiência profissional, a gente recomenda que você leia este outro texto aqui, ó: Como conseguir um trabalho sem ter experiência profissional.

Abuse do bom e velho Português
Escrever bem e não cometer nenhum erro de gramática ou concordância no currículo te dará uma vantagem sobre outros candidatos em um processo seletivo. Dependendo da exigência do recrutador e da empresa, estes detalhes podem ser decisivos entre a contratação e a eliminação. Se você estiver em dúvida se está tudo certinho ou não, peça para algum amigo ou familiar que manje dos paranauês do Português para revisar para você.

Agora que você já sabe, clique aqui e cadastre-se na vaga de seus sonhos.


(Fonte: Inquietaria)

Nenhum comentário:

Postar um comentário