quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Unha encravada leva jovem britânica a amputar a perna

Por cerca de quatro anos, a jovem britânica Hannah Moore, de 19 anos, sofreu com uma unha encravada. Em 2012, ela se submeteu a uma pequena cirurgia para se livrar do problema. Mas o que parecia ser a solução, se tornou no início de um drama que culminou na amputação de uma de suas pernas.

Poucos dias após a cirurgia, Hannah começou sentir uma dor insuportável na perna direita –a cirurgia foi na esquerda. Bastava um simples toque para a jovem cair em lágrimas de tanta dor.


Depois de alguns exames, o diagnóstico: Hannah sofria uma condição dolorosa rara chamada Síndrome complexa de dor regional --um tipo de dor crônica que pode ser desencadeada por uma pequena cirurgia.

A doença acabou evoluindo, e o pé de Hannah começou a ficar preto e com uma escama estranha. Aos poucos, uma bactéria começou a comer a carne do seu pé e a única solução era amputar o membro.

A jovem não pensou duas vezes e pagou R$ 20 mil para  amputar toda a perna e se livrar do sofrimento, mesmo correndo o risco de a dor continuar.

Em entrevista ao tabloide “The Sun”, Hannah, que é fã de esportes, disse que a decisão foi acertada e tem planos para disputar os Jogos Paralímpicos de 2020, no Japão.

“Eu não poderia estar mais feliz agora que tive minha perna amputada. Eu não estava com medo, estava animada”, disse ao jornal. “Os últimos três anos foram um pesadelo absoluto. É incrível como minha vida mudou por causa de uma unha encravada.”

Escolha sempre um profissional qualificado para cuidar de suas unhas!


(Fonte: Quem Inova / Catraca Livre)

Nenhum comentário:

Postar um comentário