quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Onda de calor: 12 maneiras de manter o seu cão fresco neste verão

Verão, a gloriosa estação dos cones de sorvete derretendo, praias lotadas e banhistas torrando no sol. Por mais boas-vindas que damos ao sol e à diversão, o aumento da temperatura pode realmente ser perigoso para seu cão. O corpo de um cão não se refresca tão facilmente como o de um ser humano, porque eles se refresca pela respiração ofegante e só tem um pequeno número de glândulas sudoríparas entre os dedos dos pés. Como a maior parte do Brasil passa por uma das mais quentes ondas de calor, queremos lhe oferecer 12 dicas para ajudar a manter seu cão agradável e fresco.

1. Nunca deixe seu animal de estimação em um veículo desacompanhado. Num dia com 24 graus, a temperatura no interior de um automóvel estacionado pode rapidamente elevar-se para mais de 49 graus, dentro de uma hora. Mesmo com as janelas abertas, um cão pode superaquecer e desmaiar, se deixado nessas condições.

2. Evite andar em superfícies quentes como o asfalto por longos períodos de tempo. O melhor é tentar alternar entre asfalto, calçada e grama para que as patas delicadas do seu cão não fiquem queimando. Em um dia quente de verão, o asfalto pode ser extremamente quente e pode queimar as patas dos seus filhotes, tornando-se muito doloroso para andar. Cubra as patas do seu cão com sapatinhos para que o asfalto não fique tão quente e eles possam caminhar confortavelmente.

3. Sempre leve água fresca para o seu cão quando sair. Leve uma garrafa de água portátil e a tigela do cão, assim você pode preenchê-la de forma que seu cão tenha sempre um novo suprimento de água fresca quando ele estiver fora de casa.

4. Não esqueça de verificar sempre se tem água limpa e fresca para seu cão. Às vezes, a água do cão fica com um cheiro engraçado por estar exposta por muito tempo, e eles estarão menos propensos a beber. Ter uma fonte de água fresca e limpa na tigela do seu cão vai garantir que ele irá beber mais vezes e manter-se hidratado. Além disso, se tigela de água do seu cão ficou no sol por um tempo, ela pode aquecer muito rapidamente tornando-se desagradável para o cão beber. Troque, muitas vezes, certificando-se que a água está resfriando seu cão, em vez de aquece-lo.

5. Se a temperatura estiver acima de 29 graus, deixe o seu cão em casa Os cães não são capazes de se refrescar tão rapidamente quanto nos seres humanos podemos. Às vezes, você pode sentir-se perfeitamente bem, mas o seu cão vai ficar ofegante. Ir a lugares como a praia, ficar na rua ou o dia todo no sol pode ser uma grande atividade social para os seres humanos, mas pode deixar os cães severamente desidratados.

6. Animais de estimação não conhecem seus próprios limites por isso cuidado com o excesso de exercícios. Em vez de brincar, no sol da tarde escaldante, procure brincar com a bola próximo da hora em que o sol está se pondo. Os cães nem sempre conhecem os seus próprios limites, então se você perceber que o seu cão está respirando mais rapidamente ou está tendo algum problema ao correr atrás de uma bola, abrande as coisas e deixe que ele pare para se refrescar.

7. Deixe seu cão usar um colete de resfriamento. Um colete de resfriamento tem compressas frias colocadas nas laterais para que o seu cão possa ficar fresco e agradável, mesmo durante uma longa caminhada.

8. Aplicar protetor solar para o pêlo e pele do seu cão. Embora seu cão tenha um casaco peludo, sua pele ainda pode ser exposta a raios UV prejudiciais. Protegendo seu pêlo e pele com algum protetor solar UV irá ajudar o seu cão se manter saudável e sua pele sem queimaduras solares.

9. Deixe seu cão ficar em uma piscina de água fria. Além da respiração ofegante, os cães podem se refrescar através de suas patas. Deixa-los em uma piscina de água fria ou mergulhar suas patas na água pode ajudar a diminuir a temperatura do corpo. Também é útil passar um pouco de água fria no peito do seu cão. Nunca use gelo para ajudar o seu cão a se refrescar, pois pode diminuir a sua temperatura muito rapidamente e constrição do fluxo sanguíneo, impedindo o resfriamento do corpo.

10. Mude a caminhada e brinque nos períodos mais frescos do dia. Ajustar a rotina do seu cão pode realmente ajudar a mante-lo aquecido. Mudar os horários da caminhada para o inicio da manhã e da noite. Fazendo isso você irá garantir que o seu cão faça o exercício que ele precisa e ainda fique fresco e hidratado.

11. Conheça os sinais de um cão desidratado. Fique atento a sinais como respiração rápida, ofegante ou hiperventilação; olhar fixado, olhos vidrados; expressão de ansiedade e recusa a obedecer a comandos; febre acompanhada de mucosas vermelhas e brilhantes nos olhos e gengivas; batimento cardíaco rápido; Vômitos e/ou diarreia; fraqueza ou colapso; convulsões. Se seu cão tem algum destes sintomas, certifique-se de que ele está bebendo água suficiente. Se os sintomas persistirem, leve seu cão ao seu veterinário local.

12. Se o seu cão vive na área externa, verifique se eles têm abrigo adequado. Quer se trate de um toldo que ele possa deitar-se na sombra ou uma árvore que pode descansar em baixo, certifique-se que seu cão não está exposto à luz solar direta por horas a fio.

Se você seguir estes passos simples, irá aproveitar muito os dias de verão com seus filhotes. Lembre-se de cuidar do seu cão, assim como ele cuida de você. Verão feliz!

Para saber mais sobre a saúde desses adoráveis bichinhos e aprender a cuidá-los, profissionalize-se em um curso de Veterinário e lucre dando amor aos nosso grandes amigos de 4 patas! 


(Fonte: Pethub)

Nenhum comentário:

Postar um comentário