quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Aprenda a fazer geleia caseira

Como equilibrar frutas e açúcar, atingir o ponto certo e armazenar corretamente

Geleias recobrem a torrada do café da manhã e da tarde, ficam gostosas com outros doces, sorvetes e até combinadas com pratos salgados, como carnes, queijos, panquecas e saladas. Mais comum é comprar prontas, mas quando feitas em casa, além de dispensarem o uso de conservantes artificiais, ficam mais saborosas. Capriche na escolha do recipiente de vidro ou na decoração e pronto: dá para presentear ou transformar em negócio, vendendo por até dez vezes o valor de custo de confecção.
E ao contrário do que muita gente pensa geleia feita em casa não estraga tão rápido: o açúcar (natural da fruta ou adicionado) é conservante natural. Se preparadas e armazenadas corretamente, esses doces caseiros têm validade de até dois meses.

Para preservá-las ao máximo, na hora de servi-las não introduza talheres sujos; não fique tirando e voltando o vidro à geladeira toda hora (a variação de temperatura prejudica os ingredientes); nem esqueça os potes destampados por muito tempo para evitar a proliferação de micro-organismos. 

Como saber o ponto certo? 

O que dá consistência à geleia é uma substância chamada pectina. Ela é encontrada naturalmente nas próprias frutas (em especial nas cítricas), e liberada pouco a pouco durante o cozimento, encorpando a mistura e deixando-a, como o nome diz, gelatinosa. Para saber se o tempo de cozimento foi suficiente, tire uma colher (sopa) de geleia da panela e disponha sobre um prato limpo. Passe o dedo riscando a geleia ao meio: se a mistura depois de separada unir-se novamente, ainda não está no ponto.


INGREDIENTES

10 laranjas pera
Suco de 1/2 limão
1 xícara (chá) de açúcar
2 pedaços de canela em pau
20g de gengibre fresco cortado em rodelas finas
MODO DE PREPARO

Retire a casca de 4 laranjas, sem a parte branca. Corte as cascas em tiras, se preferir uma geleia com pedaços de fruta, ou em tirinhas, caso opte por uma geleia lisa. Ferva as cascas cortadas em água; repita este processo três vezes. Reserve. Descasque as demais laranjas, mais as que foram pré-descascadas, retirando toda a parte branca. Corte as laranjas em gomos, sobre uma vasilha para não perder o suco. Faça um sachê embrulhando os miolos e caroços das laranjas em uma gaze; reserve. Em um panela, coloque: os gomos de laranja, o suco de limão, o açúcar, a canela e o sachê. Cozinhe em fogo baixo, por aproximadamente 2 horas. Na metade do cozimento, acrescente o gengibre e as cascas de laranja fervidas. Armazene em um vidro esterilizado em água fervente. Se preferir uma geleia pastosa, passe-a no processador antes de guardar.

Dá para fazer geleia de qualquer fruta?

Sim, mas prestando atenção às seguintes características: se for mais consistente, como maçã, melão durinho etc, pique em pedaços pequenos, para que se dissolvam melhor durante o cozimento. Vale pressionar os pedacinhos que teimam em ficar inteiros, com ajuda de uma colher de bambu, enquanto a geleia ganha consistência no fogo. Frutas como morangos, amoras, pêras e laranjas de dissolvem mais facilmente. Há quem goste de geleias mais com mais pedaços, outros preferem as mais homogêneas. Para ficar mais pastosa e menos rústica, utilize um mixer ou liquidificador (quando já fria) por instantes.

Torne-se um cozinheiro profissional!


(Fonte: Receitas.ig)