sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Qual é o próximo passo?


Todo o dia a correria nos toma um tempo precioso, e que muitas vezes acarreta no esquecimento da reflexão de quem somos e para onde vamos. Questionar-se “quem sou eu” ou “para onde quero ir” deveria ser um indagação diária, ou pelo menos, no mínimo semanal na vida de todos os sujeitos, afinal, o autoconhecimento nos proporciona liberdade e abertura para crescimento pessoal e profissional. Escrevendo assim, parece uma tarefa fácil, mas colocar em prática, será que é tão simples assim? E por onde começar?

1) Você precisa entender que o processo de autoconhecimento tem um início, mas não terá um fim.

2) É preciso paciência para identificar seus três principais pontos fracos e seus três principais pontos fortes.

3) Você precisará aprender a aceitar seus pontos fracos, e terá que buscar desenvolvê-los, entendendo que, você não será 100% em tudo.

4) Você precisará potencializar seus pontos fortes, direcionando-os para auxiliá-los em suas ações e decisões.

5) É preciso começar!

Pequenas atitudes possibilitam um melhor conhecimento de quem somos. Entender como surgem nossas emoções, como nosso corpo reage à determinadas situações, possibilitam a administração de características a nosso favor, o que é, um diferencial valioso. Se conhecer, torna o dia a dia mais produtivo e assertivo.

Aliado a isso, não basta apenas o autoconhecimento se não tivermos um propósito. O propósito direciona as ações, as quais, aliadas ao autoconhecimento, potencializam sua concretização. É preciso que criemos uma missão de vida! Ao atingirmos, é necessário que criemos outras, e outras, e outras, e assim se vai seguindo… Compreender que o crescimento não ocorre apenas de vitórias e que as derrotas também tem o seu valor, também é uma conquista. Tire um tempo para pensar em você, para planejar sua semana, suas atividades, seu crescimento… Mas melhor que isso: Ponha a mão na massa! Faça com o coração!

A vida é o dia a dia, e o momento de fazermos algo grande é todo o dia! Portanto, se conheça, se desafie, planeje, ouse e conquiste! “O futuro pertence àqueles que acreditam na beleza dos seus sonhos!”



(Fonte: Contemporânea RH)