sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Plano de Carreira – Você e a empresa

Segundo pesquisas, no Brasil apenas 25% das pessoas ficam numa mesma empresa mais de cinco anos.

Em um passado não muito distante, tão logo as pessoas terminavam seus estudos já entravam em uma empresa e lá permaneciam até sua aposentadoria. Atualmente este fato é tão raro que algumas pessoas chegam a questionar o motivo de uma permanência tão longa, se a pessoa não trilhou sua própria carreira.

Isto acontece porque segundo pesquisas, no Brasil apenas 25% dos colaboradores permanecem em uma mesma empresa mais de cinco anos. Existe uma busca cada vez maior de novos desafios e outras possibilidades, sobretudo dos jovens, uma geração que olha para o trabalho de forma diferente de seus pais e avós.

Com esta nova vertente no mercado, surgiu então o plano de carreira, uma estruturação organizacional que possibilita aos colaboradores evoluírem e galgarem novas posições na empresa.

As organizações buscam manter em seu quadro os colaboradores que sejam talentosos e comprometidos. Para tanto, estudam, elaboram e planejam como o plano de carreira acontecerá.

De forma muito simplista, podemos dizer que o planejamento para um plano de carreira é composto por três etapas:

A primeira diz onde você está atualmente em relação ao cargo ocupado, remuneração, suas competências, formação acadêmica, histórico profissional, etc.
A segunda mostra até onde você pode chegar e quais os conhecimentos, habilidades e atitudes a serem desenvolvidas para que você possa alcançar esta nova posição.
E por fim, a terceira mostra quais os passos necessários para o caminho a ser percorrido.
É um processo minucioso, cheio de detalhes e que envolve muita dedicação por parte dos gestores de pessoas, mas existe também o lado do colaborador e é neste lado que queremos chamar a sua atenção. O que você tem feito para o seu plano de carreira?

Quais são as ações que você como profissional tem buscado por conta própria, sem esperar sentado que a empresa faça tudo para que sua carreira possa acontecer?

Este é um momento de repensar, de reavaliar e de aproveitar que você desfruta da empregabilidade para buscar mais conhecimento e aprimorar suas habilidades, pois o mercado está repleto de profissionais desempregados, desejosos por seu cargo e seu salário. Em momentos de crise como o que vivenciamos atualmente, essa realidade se torna ainda mais latente e dinâmica, criando um processo de seleção natural dentro das organizações.

Logo, se você souber aproveitar as oportunidades que tem diante de si, sua carreira colherá os frutos do reconhecimento pelas ações plantadas agora.



(Fonte: Blog RH)

Nenhum comentário:

Postar um comentário