quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Franquia Educacional

Toda pessoa interessada em franquias educacionais precisa ter o mínimo de experiência na área de educação. Seja essa infantil, fundamental, médio ou superior. Diversas empresas que  disponibilizam seus nomes, faixas e logotipos por um preço “X” que corresponde ao investimento inicial. Uma franquia educacional é toda aquela que faz parte do mundo da educação.

Dentre elas podem haver espaços como escolas preparatórias, escolas educacionais (com ensino fundamental e médio), faculdades e qualquer outra instituição do mesmo cunho. Para começar no ramo, o interessado precisa ter certeza do seu interesse. Também é viável que tenha tido experiências trabalhísticas e contrate profissionais adequados para realizar os devidos  trabalhos.

Vale a pena investir em franquias educacionais?

De acordo com dados recentemente realizados pela ABF (Associação Brasileira de Franchising), as franquias que estão dentre as áreas educacionais chegam a ter um valor anual de ganho referente a R$5,9 milhões de reais. A maior parte desse valor é atribuído com franquias de escola de idiomas, representante de 54% do que foi faturado nesse mesmo setor.

Os dados também indicam o crescimento de 7,9%. Por ser uma carência brasileira, a educação torna-se  uma das áreas mais indicadas para obter franquias, segundo especialistas. E devido a esse mesmo motivo a educação se torna um meio de investimento com retorno rápido. Além disso, é uma ótima ferramenta na formação de brasileiros.

Principais franquias educacionais

  • Franquia Augusto Cury
  • Franquia Cebrac
  • Franquia Eurodata
  • Franquia I’m, Instituto Mix de Profissão
  • Franquia Instituto da Construção
  • Franquia Kumon
  • Franquia People Computação
  • Franquia Sigbol Fashion
  • Franquia Smartz School
  • Franquia Supera
Em conclusão de todo estudo feito com referência à abertura de franquias, a educação é sem dúvidas um dos melhores meios para ser um franqueado. A tendência de mercado é cada vez maior e a necessidade de cursos livres e profissionalizantes só tende a crescer, já que o mercado coloca na frente aqueles estudantes que estão mais preparados.



(Adaptação de: http://www.franquialucrativa.blog.br/)

Nenhum comentário:

Postar um comentário