terça-feira, 12 de julho de 2016

Os 3 principais erros na estratégia de marketing de conteúdo

Aprendeu tudo o que era necessário pra começar, montou o time dos sonhos, produziu vários conteúdos e mesmo assim sente que possui erros na estratégia de marketing de conteúdo, pois seu público não está reconhecendo sua marca?


Talvez seu público esteja ficando com fatiga de sua marca. Fatiga de marca? Sim, isso é real e perigoso! Porém, não se desespere, iremos elencar aqui os principais motivos dessa causa e como resolver estes desafios.

Principais erros na estratégia de marketing de conteúdo

1º erro - Você está enviando muitos emails

A pessoa acaba de assinar sua newsletter e recebe mas de 10 emails numa semana sobre temas que nem a interessam. Esse é um caso que ocorre sempre e, provavelmente, já ocorreu com você. Isso cria um sentimento de poluição da marca. O qual o lead mal lê o título ou conteúdo do email, mas já vê que é de sua empresa ou da mesma pessoa da equipe que enviou e deleta. Ela filtra inconscientemente sua marca e deleta as mensagens.

2º erro - O conteúdo é pouco relevante ou muito raso

Já recebeu algo que até talvez te interesse, mas no fim das contas não irá te agregar valor? Uma boa estratégia não leva só em conta a produção do conteúdo, mas também a relevância e o objetivo dele.

3º erro - O lead não tem como selecionar o que quer receber

A pessoa está interessa na sua marca e quer ficar em constante atualização sobre as novidades. Porém, talvez ela só possua tempo para ler os emails em algum dia e período, mas não consegue configurar essa frequência. Mensagens na hora errada e frequentes, uma hora vão causar fatiga.

Como evitar a fatiga de marca

Agora que está pronto para eliminar os erros na estratégia de marketing de conteúdo, analise canal por canal as melhorias que devem ser feitas.

Email
Comece enviando emails para sua base inteira e com conteúdo altamente pessoal. Para poder avaliar como as pessoas engajam, qual a frequência de envios, as taxas, ou seja, a experiência dos leads com a marca. Assim, é possível saber o que deve enviar e o que estão procurando.


DICA: sempre analise as taxas de abertura, unsubscribe e de engajamento. São elas que lhe ajudarão a fornecer mais valor para seus conteúdos e corrigir erros.

EVITE: enviar a mesma mensagem para a base inteira. Um alto número de unsubscribes e baixo engajamento podem fazer com que as plataformas de email filtrem seu conteúdo como spam, ou até mesmo recusarem sua mensagem.

Blog e conteúdo
Se ainda não sabe quanto conteúdo produzir, o possui em pequena quantidade e planeja aumentar: teste! O marketing de conteúdo é baseado em testes, se está com dúvidas, teste!

E se precisar de uma ajuda, pergunte-se "Quem irá compartilhar isso e por quê?". Se não souber a resposta, não produza!

DICA: acompanhe as sessões, taxas de conversão, tempo na página e se o conteúdo está ajudando a espalhar a marca. Se sentir que não há crescimento, então volte uma casa atrás e reestruture o plano.

EVITE: muito conteúdo e pouca qualidade. Você não precisa ser uma linha de produção, de conteúdo e sim ouvir o que seu público deseja. Tenha foco.

Social
Foque no conteúdo que possua alta taxa de engajamento. E acompanhe sempre, sempre, sempre os dados que as redes fornecem. Quando um conteúdo está se saindo muito bem em uma das redes, pode indicar o momento de publicar ou republicar em outra. Porém, cuidado com o alto volume, para não ser penalizado no alcance de seus posts.

DICA: as redes são ótimos canais para conteúdos que performaram bem serem re-compartilhados.

EVITE: o mesmo conteúdo, ao mesmo tempo, em todas as redes e com o mesmo texto. Cada uma possui seu objetivo, se não tem um plano para cada, não poste apenas por presença.

Agora que aprendeu como evitar a fadiga de marca e não ter mais erros na estratégia de marketing de conteúdo, leve sempre com você o ciclo do conteúdo:

PLANEJAR -> PRODUZIR COM OBJETIVO -> COMPARTILHAR -> MENSURAR




(Fonte: Linked-In / por Pedro Hernandes)

Nenhum comentário:

Postar um comentário